Log in

 

 

Um simples exame ocular pode detetar antecipadamente a doença de Alzheimer

  • blogue
  • Visualizações: 625

 

A doença de Alzheimer é uma forma de demência. 


Cientistas da Faculdade de Medicina da Universidade de Washington nos Estados Unidos, descobriram que um exame utilizado vulgarmente em consultórios de oftalmologia pode detetar com muita antecedência a doença de Alzheimer. O estudo que foi publicado na revista “Jornal da Associação Médica de Oftalmologia”, cria a expetativa de no futuro, alguns anos antes de surgirem sinais clínicos, ser possível detetar a doença de Alzheimer através de um simples exame à visão.

A vantagem, enquanto não surgir a cura, é permitir que a pessoa programe a sua vida e tome medidas para atrasar a evolução da doença.

Com a doença de Alzheimer acontece a degradação do centro da retina e do nervo ótico.  Todos nós temos no centro das nossas retinas uma pequena área sem vasos sanguíneos que é responsável pela precisão da visão. Essa área está significativamente aumentada em pessoas já com a doença de Alzheimer, mas ainda sem sintomas.

O exame ocular ilumina o olho com uma luz e mede a espessura da retina e a espessura das fibras do nervo ótico. 

Outro exame que permite detetar a doença de Alzheimer com muita antecedência é a angiografia à retina porque observa os padrões de fluxo sanguíneo através dos vasos sanguíneos do olho. Os pacientes com Alzheimer pré-clínico, têm a área no centro da retina sem vasos sanguíneos significativamente maior, o que sugere menos fluxo sanguíneo.

A demência tem uma fase sem sintomas e sinais como por exemplo a perda de memória. O cérebro pode começar a ficar danificado muito tempo antes de a demência ser percetível.

A doença de Alzheimer caracteriza-se, entre outros sinais, pelo surgimento entre os neurónios de uma proteína (proteína Beta amiloide) que impede a comunicação entre essas células. Essa alteração na comunicação entre os neurónios através das suas ramificações (dendrites e axónios) vai diminuindo a capacidade cognitiva.

As placas da proteína Beta amiloide podem começar a ser acumuladas no cérebro duas décadas antes do início dos sintomas de Alzheimer. A ciência tem procurado diagnosticar antecipadamente esta doença de forma acessível e não invasiva.

Baseado na fonte: http://www.infosalus.com/mayores/noticia-reconocer-evidencias-tempranas-alzheimer-traves-simple-examen-ocular-posible-20180828072934.html?_ga=2.138315065.844000285.1535357066-1175468612.1523949544


 Artigo o que uma pessoa com Alzheimer sente  neste link https://www.cuidador.pt/blogue/273-o-que-e-que-uma-pessoa-com-alzheimer-sente

 

 

Log in or Sign up