Log in

 

 

Ideias para manter o domicílio seguro e confortável

  • blogue
  • Visualizações: 744

O ambiente no domicílio deve facilitar a vida do Idoso em vez de representar uma ameaça à sua independência e autonomia.

Algumas sugestões apresentadas em forma de tópicos.

• Prevenção de quedas:

– Tirar ou fixar as pontas das carpetes e tapetes com fita dupla face ao chão.

– Colocar algum tipo de antiderrapante nas escadas.

– Sinalizar os degraus, principalmente o primeiro e o último.

– Colocar corrimãos nas escadas, de preferência em ambos os lados.

– Arranjar forma de as extensões eléctricas e os cabos de telefone não serem obstáculos à passagem.

– Instalar um piso ou tiras antiderrapantes na banheira ou poliban.

– Instalar um assento de banho na banheira ou poliban para facilitar o levantar e sentar com segurança.

• Compensar a diminuição de destreza e força nas mãos provocadas por sarcopenia (perda de massa muscular) e artrites:

– Trocar nas portas as maçanetas arredondadas por alavancas.

– Instalar torneiras com sistemas de abrir e fechar monocomando.

– Instalar puxadores em gavetas fáceis de segurar e puxar.

A casa de banho é uma divisão que deve ter especial atenção  

• Compensar a diminuição da visão:

– Ter lâmpadas de côr quente acesas à noite ou luzes com detectores de movimento em locais de passagem. As luzes de côr fria impedem a produção da hormona do sono melatonina.

– Usar cores claras nas paredes e na decoração para servirem de contraste e aumentarem a percepção de profundidade.

– Instalar iluminação adequada para a realização de tarefas e passatempos. O envolvimento em actividades estimulantes físicas e cognitivas evita a progressão do envelhecimento patológico.

• Compensar a diminuição do equilíbrio e da flexibilidade que surgem naturalmente com o envelhecimento:

– A altura da cama deve permitir que o familiar idoso coloque os pés no chão ao sair da cama.

– Colocar a bancada da cozinha ou a mesa perto dos armários mais utilizados.

– Corrigir as alterações de altura do chão.

– Criar entradas ao nível do chão para banheiras e polibans.

– Instalar chuveiros de mão e barras de apoio na casa de banho.

– Diminuir a altura dos interruptores da luz. Com o envelhecimento acontece uma diminuição natural da altura devido a alterações na coluna: cifose (postura inclinada para a frente) e diminuição da altura dos discos intervertebrais provocada por descalcificação, desgaste e/ou diminuição da quantidade de água no organismo).

– Aumentar a altura das tomadas eléctricas.

– Modificar os armários de forma a permitir que as portas e as gavetas abram facilmente e ao máximo.

– Modificar a altura das bancadas e das pias da cozinha e da casa de banho.

– Quando as escadas se transformam numa barreira, o piso principal deve acomodar as necessidades mais quotidianas: quarto, cozinha e áreas de lazer e passatempo.

A casa de banho deve ter espaço suficientemente amplo para caberem duas pessoas 

• Adaptar o ambiente da casa para cadeiras de rodas:

– Alargar as entradas e locais de passagem.

– Instalar rampas.

– Substituir carpetes e tapetes por superfícies duras.

– Corrigir mudanças na altura do chão.

– Reduzir a altura dos interruptores de luz.

– Aumentar o número de tomadas eléctricas.

A temperatura ambiente dentro de casa deve situar-se entre os 18ºC e os 22ºC por uma questão de conforto e saúde porque com o envelhecimento a capacidade de regulação da temperatura corporal diminui. O frio faz aumentar a pressão arterial e o calor o inverso.

Log in or Sign up