Log in

 

 

A organização do dia a dia do cuidador

  • blogue
  • Visualizações: 1836

A organização de rotinas no dia a dia resulta em menos tempo para o cuidador tentar descobrir o que deve fazer, e mais tempo disponível para atividades com significado e prazer. O cuidador também deve incluir na planificação tempo para si, e as atividades devem ser agradáveis para ambos.

O plano de organização diário deve ser constantemente testado e ajustado, porque os sintomas e sinais da doença do familiar poderão evoluir. Durante a execução das atividades o cuidador deve continuamente explorar, experimentar e ajustar novas soluções, especialmente em situações de perda de autonomia gradual. É importante que mantenha alguma flexibilidade na rotina das atividades diárias. A doença de alzheimer, por exemplo, tem uma deterioração cognitiva e física progressiva, e o cuidador deve ser criativo e flexível na resolução dos problemas, e adaptar a rotina a essas alterações.

Se as atividades de vida diária (fazer a higiene, cozinhar, vestir, etc.) estiverem estruturadas e organizadas, ​​ a agitação e ansiedade serão em princípio menores. A pessoa com alzheimer precisa de um equilíbrio entre o tempo das atividades e o tempo do descanso, e pode precisar de intervalos frequentes e variação de tarefas.

Normalmente quando a pessoa com demência parece estar aborrecida, distraída ou irritável, é a altura de mudar de atividade ou fazer um intervalo para descansar. Mais importante que o tipo de atividade, é o estado de humor e o sentimento de realização que o familiar tem ao realizá-lo.

Antes de fazer o plano organizativo, o cuidador deve ter em conta:

·       O que o familiar gosta de fazer, não gosta de fazer, a sua capacidade física, habilidades e interesses.

·       Quais eram as rotinas e como é que o seu familiar organizava o dia antes de precisar de auxílio, e manter tanto quanto possível essa organização.

·       Qual é a altura do dia em que está mais disponível ou colaborante.

·       Que o tempo necessário para as refeições, banho e vestir não deve ser contabilizado nem deve haver pressa.

·       Que é importante colocar em prática rotinas nas atividades diárias, como por exemplo ter uma hora para acordar e deitar (especialmente para pessoas com insónias e síndrome do por do sol), manter o mesmo sítio á mesa das refeições, a mesma hora do banho, etc.

O cuidador deve incluir no plano diário de atividades:

·       Tarefas domésticas

·       Horas de refeição

·       Cuidado pessoal

·       Atividades criativas (música, arte, artesanato)

·       Atividades a decidir no dia a dia (visitar amigos)

·       Atividades cognitivas (leitura, quebra-cabeças)

·       Atividades físicas

·       Atividades sociais

·       Atividades espirituais

·       Um momento para analisar e repensar as suas atividades (fazer anotações)

Quando estiver a organizar o dia, o cuidador deve verificar:

·       Que atividades funcionam melhor e pior? Porque razão? (tenha em conta que o sucesso de uma atividade pode variar de dia para dia)

·       As atividades que surgem espontaneamente são agradáveis ou provocam ansiedade ou confusão no familiar doente?

Exemplo de um plano diário de atividades para uma pessoa que se encontra num estágio inicial ou intermédio da doença de Alzheimer.

Parte da manhã:

·       Fazer a higiene ou tomar um banho, lavagem de dentes, vestir

·       Preparar e tomar o pequeno almoço

·       Ter uma conversa depois do café

·       Falar sobre as notícias do jornal, tentar fazer artesanato, ou rever fotografias antigas

·       Fazer um intervalo ou ter algum tempo de descanso

·       Fazer algumas tarefas em conjunto

·       Dar um passeio, fazer um jogo

Parte da tarde:

·       Preparar e comer o lanche, ler mails, lavar a louça

·       Ouvir música, fazer puzzles, ver televisão

·       Fazer jardinagem, dar um passeio, visitar um amigo

·       Fazer um intervalo curto ou fazer uma sesta

Parte da noite:

·       Preparar e comer o jantar. Limpar a cozinha

·       Tomar o café ou comer uma sobremesa

·       Jogar cartas, ver um filme, fazer uma massagem

·       Preparar para ir para a cama, ler um livro


Fontes:

https://www.alz.org/care/dementia-creating-a-plan.asp

https://dailycaring.com/6-benefits-of-journaling-for-caregivers/



 Artigo sobre como é que o cuidador se deve cuidar neste link https://www.cuidador.pt/blogue/199-como-e-que-o-cuidador-se-deve-cuidar

Artigo sobre as necessidades do cuidador neste link https://www.cuidador.pt/blogue/128-as-necessidades-do-cuidador-nao-devem-ser-negligenciadas

Artigo como é que o cuidador deve lidar com o sentimento de culpa neste link  https://www.cuidador.pt/blogue/279-como-e-que-o-cuidador-deve-lidar-com-o-sentimento-de-culpa

Log in or Sign up